Product Big image
26.95 €

Amino Recovery (260g)

  • Ref:02800
  • Peso:260 Gr

 

O exercício físico intenso provoca um desgaste na musculatura. Este desgaste deve ser compensado através do transporte de uma elevada percentagem de proteínas e aminoácidos que favoreçam a regeneração. Caso contrário, os processos regenerativos não podem desenvolver-se e a degradação de proteínas musculares conduzirá a um catabolismo não desejado. 

A NutriSport, consciente das necessidades dos atletas após terminar o treino, criou o AMINO RECOVERY com aminoácidos ramificados (BCAAs), L-Glutamina y HMB para conseguir a combinação de “aminos” ideal e assim, favorecer a recuperação muscular.


Como principais ingredientes destacamos:

-BCAAs (aminoácidos ramificados) (L-Leucina, L-Isoleucina y L-Valina): constituem uma percentagem muito importante na cadeia de aminoácidos das proteínas musculares. Como principais funções temos a intervenção na formação e reparação do tecido muscular, auxiliando por sua vez na protecção da musculatura pelo que podem acelerar os processos de recuperação, que são necessários para a formação de hemoglobina, eficazes a manter os níveis de açucar no sangue e também no aumento da produção de hormona de crescimento.

-L-GLUTAMINA: é o aminoácido mais abundante do tecido muscular, daí a sua importância nos processos de regeneração e desenvolvimento da musculatura. Destaca-se também por proteger a massa muscular e evitar o seu catabolismo. Contribui no crescimento do volume das células para favorecer a hidratação, facilitar a restauração dos níveis de glicogénio muscular (fonte energética), reforçar o sistema imune, eliminar resíduos gerados durante o exercício e contrariar o estado de acidose gerado pelo excesso de àcido láctico acumulado durante o exercício.

-HMB (Hidroximetilbutirato): É um composto natural que se produz durante o metabolismo da Leucina. Entre os seus benefícios destacamos: 

Estimula a síntese de proteína: aumenta a massa muscular e evita a sua destruição. Isto traduz-se num crescimento da força e numa recuperação mais rápida. 
Ajuda a perder gordura corporal e a diminuir o colesterol.
Acelera os tempos de recuperação muscular: HMB reduz o dano muscular associado ao exercício, o que faz diminuir o tempo de recuperação entre treinos. 
Melhora o rendimento aeróbio en atletas de resistência, aumenta o consumo máximo de oxigénio e melhora o ponto de compensação respiratória. 
Aumenta a resistência pela redução da acidose metabólica.                                                                                                                                                      
Além disso, transporta vitamina B6 que intervém nos processos de assimilação dos aminoácidos.
AMINO RECOVERY é perfeito para tomar à noite como recuperador nocturno, adicionado ao batido de proteína pós-exercício como complemento ou como recuperador pós-treino em pessoas que não querem adicionar hidratos nem proteínas. 


Sabor: Neutro

Ingredientes: Complexo de aminoácidos ramificados (L-Leucina, L-Isoleucina, L-Valina) (46,1%), L-Glutamina (30,8%), HMB de calcio (hidroximetilbutirato de calcio) (23,1%) e vitamina B6 (clorhidrato de piridoxina).

Alergénios: Não contém ingredientes alergénios.

Apresentação: Boião de 260 g (40 doses)

Modo de toma: Tomar um dosificador cheio (6,5 g) depois do exercício físico ou antes de deitar. Dissolver em 150 ml de sumo ou de batido proteico.
 


Os produtos Nutrisport não são destinados a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças ou males. Os suplementos desportivos e alimentares não devem sobrepôr-se a uma alimentação diversificada. Não ultrapasse a dose diária recomendada. Use os suplementos juntamente com um regime alimentar controlado sempre que possível. Todos os produtos da marca Nutrisport, são suplementos desportivos ou alimentares segundo o estabelecido na Directiva Europeia 2002/46/CE sobre Suplementos Alimentares e todos eles podem ser vendidos legalmente em todos os países da Comunidade Europeia, pelos artigos 28, 29 e 30 do tratado da Comunidade Europeia e pelos artigos 1 a 4 da Decisão do Parlamento Europeu numero 3052/95/CE.